Agradeço aos seguidores

sábado, julho 04, 2009

4 de julho / John Locke

A data lembra a histórica Declaração da Independência das Colônias (oficialmente Estados Unidos da América), por conseguinte, lembra Thomas Jefferson, leitor de John Locke, que em 1689 publicou Dois Tratados sobre o Governo.

Vejamos algumas teses lockeanas que fixaram as bases do Liberalismo Político:

1. O ser humano é naturalmente livre, portando a liberdade é inerente à própria natureza humana, e não um bem outorgado por um governo.

2. São direitos individuais básicos: à vida, à liberdade e à propriedade.

3. A liberdade dos mais fracos não é protegida sem a existência de uma autoridade civil. É necessário um contrato social entre cidadãos e governo para garantia da liberdade de todos.

4. O governo absolutista, onde o indivíduo é um súdito, um escravo, torna-se uma ameaça ao bem comum.

5. O poder estatal paternalista também representa uma ameaça à liberdade.

Há 320 anos da publicação das idéias de Locke -ainda tão atuais -, hoje comemoramos a defesa dos nossos direitos individuais inalienáveis, redigidos na Declaração de Independência americana e imortalizados na frase:

"A necessidade de procurar a verdadeira felicidade é o fundamento da nossa liberdade" . John Locke

Fontes:
http://ec.spaces.live.com
www.pensador.info
www.consciencia.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário